Victor
Kingma
header
header
Facebook
Visitante nº: 61229
< Voltar

 

Jovens tardes de domingo

Naquele tempo era assim…

Jovem GuardaMeados dos anos 60. Um grupo de músicos jovens e rebeldes, aficionados do rock americano, lançaram no Brasil um movimento musical chamado Jovem Guarda, que ditaria por quase uma década o ritmo e as regras de comportamento da juventude da época.

Esses jovens, um tanto alienados politicamente, não davam muita importância ao regime de opressão implantado no Brasil, em 1964, pela ditadura militar. Só queriam cantar, se divertir e transgredir as normas de comportamento vigentes, com suas gírias, calças apertadas, mini-saias, botinhas e cabelos compridos.

A música que abriu caminho para a Jovem Guarda foi lançada , em 1964, pelo cantor Ronnie Cord, o rock “Rua Augusta”, que, competindo com os cantores famosos da época, atingiu os primeiros lugares nas paradas.

O sucesso de Ronnie Cord logo foi tanto que chamou a atenção da mídia para dois cantores em início de carreira: Roberto e Erasmo Carlos, autores de outras duas músicas do gênero: “É proibido fumar” e “Parei na Contramão”, que acabaram também se tornando grandes sucessos.

Entretanto, o ponto alto do movimento teve início em setembro de 1965 quando a TV Record, de São Paulo, colocou no ar nas tardes de domingo o programa JOVEM GUARDA, comandado por Roberto Carlos, “O Rei da Juventude”, Wanderleia, “A Ternurinha” e “O Tremendão” Erasmo Carlos.

Semanalmente era um desfile de novos astros que vinham surgindo como Jerry Adriani, Wanderley Cardoso, Rosemary, Vanusa, Renato e seus Blue Caps, The Jordans, Os Incríveis, The Fevers, Ronie Von, Golden Boys, Leno e Lílian e tantos outros.

Em 1966, Roberto Carlos lançaria o mega sucesso “Quero que vá tudo pro inferno”, que tornaria a Jovem Guarda conhecida nacionalmente.

O programa ficou no ar de 1965 a 1969, quando começou também o declínio da Jovem Guarda. Todos que viveram naquela época quardam muitas lembranças daqueles tempos mágicos. Como o próprio Roberto Carlos diz em uma de suas canções:

Eu me lembro com saudade o tempo que passou
O tempo passa tão depressa mas em mim deixou
Jovens tardes de domingo, tantas alegrias
Velhos tempos, belos dias!

Ficou uma grande saudade!

Victor Kingma