Victor
Kingma
header
header
Facebook
Visitante nº: 65078
< Voltar

E surge uma “Nova Bossa”

Na segunda metade da década de 50 o Brasil vivia uma fase de euforia. O projeto desenvolvimentista do presidente Juscelino Kubitschek prometia crescimento de cinqüenta anos em cinco. Movimentos artísticos e culturais apareciam nos quatro cantos do país. Vivíamos os famosos “Anos Dourados”.

Em Copacabana, no Rio de Janeiro,Garota de ipanema a então capital do Brasil, um grupo de músicos e compositores, entre os quais. Ronaldo Bôscoli, Roberto Menescal, Antonio Carlos Jobim e Vinícius de Moraes, se reuniam na casa dos pais da cantora Nara Leão, preocupados em criar um novo ritmo, que melhor combinasse com seus estilos de vida e formação musical. Sonhavam unir a alegria da música brasileira com a harmonia do Jazz americano.

Certo dia, em 1957, Menescal recebeu a visita de um rapaz que não conhecia e que se apresentou como João Gilberto. Esse pediu um violão e disse que precisava mostrar uma nova batida que havia criado.

Impressionado, Roberto Menescal foi imediatamente mostrar a novidade aos amigos. E a batida diferente do violão de João Gilberto era exatamente o que faltava para ser criado o estilo musical que tornaria a música brasileira conhecida internacionalmente.

“Bossa” era uma gíria da época, que significava algo novo e diferente de se fazer alguma coisa. Quando alguém fazia algo diferenciado, logo se dizia que aquela pessoa tinha bossa.

Bossa para jogar, dançar, vestir, namorar, etc.

Então, o estilo novo de se fazer música, tornou-se a Bossa Nova.

Em 1958, Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes compuseram “Chega de Saudade” , o primeiro sucesso da nova maneira de se fazer uma canção.

Quatro anos depois, em 1962, Vinícius de Moraes e Tom Jobim tomavam chope em um bar, numa esquina de Ipanema, quando passou pela calçada, de biquíni, uma linda garota, com andar provocante, a caminho da praia. Foi a musa inspiradora para comporem:

Olha que coisa mais linda
Mais cheia de graça
É ela menina, que vem e que passa
Num doce balanço a caminho do mar.

E a música Garota de Ipanema se tornaria o maior sucesso da Bossa Nova e uma das músicas mais conhecidas em todo o mundo.

Victor Kingma

Foto: Vinicius de Moraes e Helô Pinheiro, a Garota de Ipanema