Victor
Kingma
header
header
Facebook
Visitante nº: 61214
< Voltar

Desde os tempos da “Pharmácia”

Naquele tempo era assim…

Polvilho granatoFrequentemente a indústria farmacêutica coloca no mercado novos e eficazes medicamentos, armas poderosas para alívio das dores e cura das mais diversas enfermidades, muitas das quais impossíveis de serem tratadas no passado.   Em relação à higiene pessoal então, os avanços são significativos, com o desenvolvimento de novos produtos, com formulas  sofisticadas e rejuvenescedoras. É a ciência, a cada dia mais avançada, contribuindo para a saúde, bem estar e conforto da população.

Entretanto, apesar de todo a avanço da indústria farmacêutica, existem produtos que, passadas décadas de suas criações, desafiam a modernidade e continuam firmes no mercado, com consumidores cativos e fiéis às suas fórmulas originais.

Dois exemplos que podem ser citados são: o Polvilho Antisséptico Granado e a Cera Dr. Lustosa.

Criado em 1903 pelo farmacêutico João Bernardo Coxito Granado, da Casa Granado, no Rio de Janeiro, o polvilho antisséptico está no mercado há mais de um século e teve como seus consumidores ilustres o jurista Rui Barbosa e o médico e sanitarista Osvaldo Cruz que, inclusive, como chefe da Inspetoria Geral da Saúde, foi quem autorizou a sua fabricação.

Sua embalagem continua praticamente a mesma e, ainda hoje, é um campeão de vendas entre os produtos de higiene pessoal.

Outro produto que resiste ao tempo e aos avanços da indústria farmacêutica é a popular e quase artesanal  Cera Dr. Lustosa.  Foi criada em 1922 pelo farmacêutico Paulo de Almeida Lustosa, de São João Del Rei, MG, que após longos estudos desenvolveu a fórmula, à base do anestceradr lustosaésico local cloridrato de lidocaína com cera virgem de abelha.

A fabricação do produto causou uma verdadeira revolução no setor farmacêutico devido à sua grande eficácia no tratamento das dores causadas pela cárie dentária, um mal que atingia grande parte da população brasileira naquela época.

Há quase cem anos anos a cera Dr. Lustosa, no seu tubinho tradicional, continua sendo muito procurada pelos fiéis consumidores, como infalível anestésico conta a dor de dente.

Passados tantos anos, vai uma  homenagem a esses grandes pioneiros da indústria farmacêutica e seus produtos revolucionários.

 

Victor Kingma